2 de jan de 2013

Bite Me VII - Desire



Eu quero, mas não sei demonstrar. Eu penso, mas não falo. Eu preciso, mas não chamo. Eu amo, mas não assumo.
Tati Bernardi 



Episodio 07 - Desire | 11:45 AM - Atlanta - EUA | Hall

Justin's POV


Faltam dois dias para irmos embora, os vampiros estão loucos, cada vez mais insaciáveis, tivemos que matar dois na madrugada de ontem. Sem falar dos que nós encontramos no shopping. Aliás, um deles me parecia muito familiar, como o que eu vi na floresta alguns dias atrás. É melhor esquecer isso, não vai levar a nada ficar pensando nestes monstros.
É incrível como Kath me faz sentir diferente, desde que ela chegou aqui, sempre me deu força e agradeceu. Sem falar nos momentos que passamos juntos, aquele beijo ... Fui puxado dos meus pensamentos profundos por Chris, que estava quase me estrangulando.
— Justin! Acorda seu mané. — Ele estava balançando meus braços bruscamente.
— Me deixa, Christian. — disse me soltando. — Eu estava pensando em como vamos sair daqui.
— Mente que eu gosto, Justin. Você estava pensando nela que eu sei, não sou vidente mas não sou burro.  suspirou. — Você já beijou ela?
— Já, e você não tem nada a ver com isso. — Ruborizei.
— Só posso imaginar: "Ai Justinzinho, me dá uma bitoquinha!" — Chris ria loucamente com sua voz de menina. 
— E você com a Alison? — Eu falei e ele ficou sério, tinha tocado na ferida dele.
— Eu já disse que ela gosta do Tyson, só porque ele malha. — ele franziu o cenho demonstrando raiva. — Agora vamos comer que estou morrendo de fome.
— Não é só de comida, pelo jeito. — Disse ao vê-lo secando completamente Alison que estava em uma calça junta e uma blusa e malha bege. 
Chris nem ligou para meu comentário e continuamos andando pelo corredor, chegamos até a porta dupla e abrimos, avistei Katherine de longe e logo nos sentamos lá, ela estava conversando com Tyson, que logo saiu da mesa percebendo que Christian estava comigo. Não entendo essa rivalidade dos dois.
— Justin, senta aqui do meu lado! — Ela apontou para o espaço que havia ao seu lado. Chris sentou no seu outro lado. — Dormiu bem essa noite?
— Nem tanto, você ouviu alguma coisa de madrugada?
— Eu ouvi, agora vamos mudar de assunto porque eu to cansada de ficar falando de vampiros. — Ela rolou os olhos e deu um sorriso encantador, dei um breve sorriso. — Vamos jogar alguma coisa depois?
— Claro, mas primeiro vamos comer! — Christian levantou e saiu correndo para a cozinha.
 Eu e Kath fomos atrás dele em seguida. Procurei comer pelo menos metade do que estava servido no meu prato, já Christian e Kath devoraram tudo em pouco tempo. 
— Justin, eu vou chamar a Ali e já volto, ok? — Balancei a cabeça confirmando e ela saiu porta a fora atrás da Alison, minutos depois ela volta praticamente puxando ela pelo braço. 
— O que você quer sua louca? — Alison se sentou do lado de Chris e o olhou brevemente. 
— Vamos jogar alguma coisa, o que vocês sugerem? 
— Que tal Verdade ou Consequência? — Falei sorrindo maliciosamente para Chris, que retribuiu. — Eu busco a garrafa. — Fui até a cozinha e peguei a garrafa, voltando em seguida. Sentei e girei a garrafa em seguida, parou o bico no Chris e a "bunda" em mim, eu teria que perguntá-lo algo. — Verdade ou Consequência?
— Verdade. — Ele rolou os olhos. 
— É verdade que, você ainda é virgem? — Falei e as meninas riram.
— Não, Justin. — Ele forçou o "Justin" na frase. — Agora eu giro. — Caiu ele e a Katherine, começo a ficar nervoso, pois não sabemos quase nada sobre ela. — Verdade ou Consequência?
— Consequência. — Ela parecia envergonhada, olhando para os dedos que se encontravam em seu colo. 
— Te desafio a ... deixar uma marca bem forte no pescoço do Justin. — Caralho, tinha que ser o Chris pra fazer esse tipo de coisa mesmo.
— Ok. — suspirou. — Justin levanta. — Levantei e ela fez o mesmo em seguida, ela pegou na minha mão e a outra foi em direção ao meu ombro, ela se apoiou e começou a beijar meu pescoço. Fechei os olhos sentindo o aroma de jasmim vindo do seu cabelo, ela levou sua mão ao meu cabelo e deu um leve puxão, coloquei a mão livre em sua cintura, enquanto ela dava leves chupões no meu pescoço, logo a senti chupando com força meu pescoço e largando em seguida. 
— Satisfeito, Christian? — Ela se sentou e eu sentei também, Chris estava de boca aberta e Alison também, eu olhei para Katherine e ela ruborizou no mesmo instante. Olhei para baixo e percebi a ereção que começava dentro da calça, coloquei a cadeira um pouco mais para frente, impedindo que qualquer um ali visse. Ela girou a garrafa e caiu na Alison, que já havia se recuperado do mini-ataque do coração que ela teve. 
— Verdade ou Consequência, Ali?
— Verdade.
— É verdade que você acha o Tyson atraente? — Katherine me olhou e piscou, sabendo que Christian gosta de Ali. 
— Acho, mas não é dele que eu gosto. — Christian estava olhando para o outro lado, provavelmente com a pior cara do mundo. Alison girou a garrafa novamente e caiu em mim. — Verdade ou Consequência?
— Verdade. — Ela sorriu.
— É verdade que você namorou a modelo Barbara Palvin? — Ela sorria maliciosamente. Foi um assunto muito comentado, apesar do meu pai insistir que sim, apenas por mídia.
— Não, em nenhum momento. — Assim foi, Katherine teve que tirar a camiseta - o que me deixou completamente louco -, Alison beijou Christian, eu tive que contar o tamanho do meu pênis (vê se póde '-'), entre outras coisas muito vergonhosas que nem prefiro comentar.


02:26 PM - Atlanta - EUA | Kath's Bedroom

Katherine's POV

Hoje, definitivamente, foi um dos dias mais loucos da minha vida, tive que dar um chupão no pescoço do Justim, tirei a camiseta, cortei uma mecha enorme do meu cabelo, sem falar na Ali que finalmente beijou o Chris. Nunca mais jogo Verdade ou Consequência com Christian, nunca. Mas se bem que valeu a pena, Justin gostou do que eu fiz, já que deu pra sentir sua ereção de 18 cm na minha coxa. Meu quarto agora está repleto pelo ar quente do aquecedor, que não pode ser usado com muita frequência. Justin tem algo que me faz querer tê-lo, seus olhos cor de mel intensos, um olhar completamente penetrante. Mas eu tenho certeza de que não o amo, talvez seja apenas desejo.
Fico olhando para o teto, até que adormeço em sono profundo.


Espero que tenham gostado do capítulo 7! Feliz Natal (atrasado kkk) e Próspero Ano Novo :)
Isa  

6 comentários:

  1. Heyy amore, então só para avisar que você já está nos meus afiliados, só falta você colocar Safe and Sound nos seus, é isso, 364168 kisses caramelados >,<

    ResponderExcluir
  2. Leitora nova amore u-u Ameeei o capitulo, continua \Õ Já to seguindo o blog..
    Sei que é chato mais se puder, divulga e acompanha a minha ib ? Obrigada >.<
    http://imaginebelieberevc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, isso significa muito para nós!