4 de mar de 2013

Bite Me XII - Decisions

"O único poder que você tem é o poder de suas decisões. Use-o à vontade."
 Paulo Coelho



Episódio 12 - Decisions | 20:30 AM - Luisiana - EUA | Vampire's House

Katherine's POV

A noite chegou, a essa hora Justin e o resto das pessoas devem estar bem longe daqui, eu infelizmente não posso ir junto, já que agora sou uma vampira. Sinceramente, eu queria ter morrido naquele dia, seria bem melhor. Agora, o que me resta é ser assim para sempre e ficar com Jake. Aquela tal de Anastácia já virou melhor amiga da Alison, de repente a futura namorada do Justin ... poxa, podia ter levado eles embora, mas colocar uma vadia loira no meu lugar já é demais. Ouço um breve andar em minha direção, levanto a cabeça e enxergo Jake.
(clique em leia mais para ler o resto da história)
— Pensando no que, gatinha? — Falou pegando na minha cintura e dando um beijo.
— Nada de importante. Jake, você acha que eu sou ... ruim pras pessoas?
— O que? Você é perfeita e boa de cama. — Ele sorriu maliciosamente e deu um leve apertão na minha bunda.
— Não estou dizendo isso, Jake, eu faço mal para as pessoas. Primeiro você, deixei-te ir embora, depois Justin e Alison, meus melhores amigos, minha família, deixei todo mundo fugir de mim. — As lágrimas estão presas nos meus olhos e angústia me queima na garganta.
— Hey, eu to aqui, não to? Você é perfeita! Seu olhar é um lago negro, que me faz afogar sempre que os encaro. Seu sorriso indecifrável, misterioso. Seu corpo, é a pura perdição, não aguento ficar olhando por muito tempo. Eu amo você, Katherine. Eu digo e repito, você é perfeita — Ele segurou meus ombros e agora os sacudia enquanto me olha. — E quero que seja só minha.
Senti seus lábios nos meus, coloquei uma das minhas mãos no seu pescoço, acariciando de leve. Logo o beijo se tornou quente, cheio de luxúria e desejo.

3 anos depois

Não aconteceu muita coisa desde que todos foram embora, especialmente Justin. Durante todo esse tempo que ele estava longe, a única coisa que eu fiz foi me apaixonar por ele. É isso mesmo, eu precisei perdê-lo para enxergar que eu o amava desde o início. Jake, bom, ele só quer sexo e fica se exibindo. Eu realmente achei que ele fosse o melhor pra mim? Oh Deus, como eu fui tola. 
Eu parei de tomar sangue faz um bom tempo. Isso tem consequências, eu estou magra, tenho olheiras, meu cabelo está caindo ... mas não me importa. E se eu fosse para o Brasil? Encontrasse Justin e contasse pra ele o que eu sinto? Mas tem o pequeno grande detalhe, chamado Anastácia, que neste momento é namorada dele.
Foda-se, vou ir mesmo assim, Anastácia que vá se ferrar.

2 dias depois

O sol estava me matando, vários pássaros estavam voando por ali e alguns estavam comendo carcaças de de animais mortos. Eu estou em um carro, quase que ultrapassando a fronteira dos Estados Unidos, paro o carro e abaixo a cabeça com as mãos em minhas têmporas, uma dor enorme me invadiu e ...

''— Foi uma cilada, eles nos pegaram! O que vamos fazer, Christian? Ficar esperando até eles matarem a todos? 
— Eu não sei, Justin. Apenas, não reaja, nós vamos morrer mais rápido se tentarmos fugir."

O que seria isso? Ouvi a voz de Christian e Justin na minha cabeça, isso parece loucura! Mas com tudo o que aconteceu até agora eu não me surpreendo. Novamente, a dor começou.

"— Justin, eu descobri onde estamos! Estamos no México, eles nos largaram no México, deve ter alguma praia por aqui, o que acha?
— Acho ótimo, mas primeiro temos que descobrir como sair daqui, Alison."
"— Anastácia, eu não sei o que aconteceu durante todo esse tempo, mas tem uma coisa que eu tenho certeza ... eu quero namorar com você, você quer também?
— Mas é claro que quero, Justin! Eu te amo, me beija!"

México, namoro, Alison, praia ... o que tá acontecendo, porra? Eu estou tendo ... visões. Não posso acreditar, eu já não sofro o suficiente não? Agora tenho que saber que aquela vadia da Anastácia namora com o Justin e ele a ama.
— Ah, você não cansa de pensar nesse Justin não, garota? — Disse uma voz rude ao meu lado, me viro e encaro uma pessoa que nunca vi na minha vida.
— Ei! Como você entrou aqui? E quem é você?
— Ah, eu sou a Thalia, prazer! — Ela estendeu a mão, quando fui corresponder o cumprimento, sua mão se tornou névoa e a imagem de seu rosto ficou turvo, como se uma pedra tivesse sido jogada na água. — Desculpe, esqueci de avisar que eu sou uma fantasma! Mas tudo bem.
— Tudo bem? Como assim você é uma fantasma?
— Sendo, dã! Eu morri faz alguns anos, então a porta do mundo dos mortos se abriu e eu resolvi fazer uma visitinha. — Ela deu uma risada e ficou me encarando por alguns segundos. — Você é a Katherine, né? A namoradinha do Jake?
— Ex! Eu não sou mais dele. E fugi e não volto mais.
— Você sabe que ele pode ver você e te seguir sem ser visto e tudo mais, né? Não adianta fugir de vampiros. — Ele olhou para a janela e depois olhou para mim. — Eu era amiga de Jake, você não me conheceu porque eu morava do outro lado da cidade. Bom, ele me prometeu tudo, que ia me dar uma vida boa, que ia levar eu e minha mãe para morar em Miami e que ... ia se casar com você na praia mais famosa de lá.
— Eu o amava tanto, e sei que ele me amava. Mas isso tudo destruiu ele, e talvez tenha me destruído também. — Deixei uma lágrima escorrer pelo meu rosto. — Eu acho que não mereço ser feliz, eu passei por tanta coisa e, a única coisa que me faz sorrir está longe e já pertence a alguém.
— Nem tanto, Kath, nem tanto. — A olhei confusa e ela sorriu. — Justin está a alguns quilômetros daqui, você está na fronteira dos Estados Unidos, você vai encontrá-los em uma usina de tecnologia, você tem que entrar lá e os tirar de dentro, eles estão trancados faz 3 anos, Kath.
— Obrigada, Thalia. Você não é uma fantasma, sabia? Você é um anjo — Sorri em direção a ela e a mesma sorriu junto, gostaria de abraçá-la e tudo mais, mas é impossível. Logo sua imagem evaporou a minha frente. Liguei o carro novamente e comecei a dirigir em direção a um lugar que eu não faço ideia qual seja.


Justin's POV

Eu não aguento mais viver aqui, como um prisioneiro. Antes éramos 40, depois fomos 30, 20 ... agora somos apenas 8. São quatro adultos e quatro crianças, apenas algumas das que conseguimos salvar. Christian e Alison estão melhor do que nunca, agora Ana está comigo e ainda não sei o que está acontecendo realmente. Comemos todos os dias restos de animais que foram caçados pelos vampiros residentes, assamos em uma pequena chama que tentamos manter durante a noite. Acho que perdi mais de 20 quilos durante todo esse tempo, e não duvido que os outros também. Acabamos por deixar as melhores partes dos bichos para as crianças, que tem um futuro pela frente. Vejo Ana caminhando até mim, enquanto termino de comer a pequena coxa de um coelho.
— Oi meu amorzinho! Está satisfeito agora? — Disse e se sentou em meu colo.
— Acho que sim, não tem muita coisa a se fazer sobre isso.
— Hum, mas tem certeza que não está com fome? Posso lhe dar outras coisas além de comida. — Anastácia enroscou suas pernas a minha volta e rebolou em meu membro, dando um sorriso safado.

[...]

Sabe o que é ficar sem fazer absolutamente nada o dia inteiro? Não sabe, porque você tem coisas pra se distrair. Aqui a única coisa que se pode fazer é sentar e esperar pela morte que se aproxima cada vez mais. O som dos corvos ecoava de dentro pra fora, era irritante. O som do carro chegando e parando na frente daqui ... espera, o que? Carro, tem gente aqui!
— Alison, Christian! Vamos, na janela, pode ter gente aqui, vou chamar os outros! — Gritei para os dois e saí correndo para o outro lado do prédio, chamando as crianças e Ana que brincava com elas. Ás levei para a porta e fui me juntar à Chris e Alison que gritavam e batiam na janela por ajuda. Alguém começou a abrir a porta do carro, quando olhei para aquele rosto meu coração quase parou, porque  estava ali? O que quer aqui? Não acredito nisso.

Tarãrãrãã, quem será a pessoa que saiu do carro? Vamos descobrir só no próximo capítuloooo, não vou nem pedir comentários, ok? Apenas digam se está bom, beeijos e até mais minhas lindas
Isa 

7 comentários:

  1. OMG...Eles vao se Reencontrar !
    Aiiiwn estou ansiosa pra ver o proximo Capitulo, postar logo Por Favor >.<
    ,beiijokas <3

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAaaaaaaaaaaaaaah curiosa agora OO
    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaaaaaaaaaaaaah, continua diva. Por favoooor, to super curiosa... Please, não demora Ok ???

    ResponderExcluir
  4. Lembram de mim??
    Não??
    Não tem importância pq eu lembro de vcs...
    Eu tava doente e fiquei um bomtempo internada mas voltei kkk
    Tem um tempo que não venho akii mas agora que voltei li tudo que ainda não tinha lido...
    Ta perfeito em d+++ msm continua logoo pois eu to apostando que é a Kath...
    COnTInUA

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAAH, que D-I-V-O véi. Como cê consegue escrever uma coisa tão perfeita assim mulher? Tú faz alakazam alakazum nos dedos pra digitar uma coisa linda dessas fia? u.u HAHA #parei. gENTE, gamei nessa fanfic, leitora nova aqui frôr õ/ AAAAH, divulga a minha ib? pris :3 http://justalitlebelieberofdrew.blogspot.com.br/ Mas, sério, continua pelo amor do papai da bicicletinha, amém. 2 bjs ;33

    ResponderExcluir
  6. Olá princesa, tenho-te como afiliada no meu blog mais não o vejo o meu aqui no seu , pode dizer-me o por quê, pedi afiliação e você aceitou então poderia dizer-me onde está tua elite afiliados ou me dizer se não quer mais a afiliação? responda-me assim que puder

    By: @Srta__Bieber - Apenas Imagine

    ResponderExcluir
  7. (leitora nova)
    Oiie amoreeu to amando sua IB,OMB é muito perfeita continua logo *--*

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, isso significa muito para nós!