6 de jan de 2013

Bite Me VIII - Broken

"Como se ela não tivesse suportado sentir o que sentira, desviou subitamente o rosto e olhou uma árvore. Seu coração não bateu no peito, o coração batia oco entre o estômago e os intestinos."
Clarice Lispector

Episodio 08 - Broken | 11:00 PM - Atlanta - EUA | Courtyard


Katherine's POV

Eu não consegui dormir, acordei no meio da noite e decidi caminhar. São onze horas da noite e eu estou no pátio, mesmo sabendo dos riscos que eu corro ficando aqui, eu não ligo. Talvez seja melhor assim, morrer e não precisar mais me preocupar com nada. Está frio, a neve cai eventualmente e o chão está branco e marrom, numa mistura tentadora. Provavelmente algum vampiro deve estar se pendurando pelas árvores me observando. Um barulho de terra sendo batida me chamou atenção, olhei para trás e havia um homem de cabeça baixa. 
— Olá, qual seu nome? — Falei dando 3 passos adiante.
— Ué, não se lembra de mim Katherine? — Ele levantou a cabeça e eu arregalei meus olhos, tomando forças para falar.
— Jake? É você mesmo? — Eu dei um passo a frente hesitante.
— Sou sim, querida. Já viu minhas novas presas? — Ele mostrou os dentes e eu pude ver, ele tinha se tornado um daqueles monstros.
o coisa linda plmds
— Não, Jake, o que fizeram com você?! — Uma lágrima caiu, fazendo um percurso até meu queixo, onde caiu para o abismo.
— Me deixaram melhor Katherine, me deixaram alguém que pode fazer tudo que quiser. Eu posso fazer isso com você, se deixar. — Ele chegou perto de mim e tocou meus lábios, dei um passo para trás.
— Sai daqui, eu não quero ver você. Você me abandonou, Jake. — Eu estava indo para trás enquanto ele me seguia. Eu virei para trás, mas ele logo apareceu na minha frente me trancando.
— Eu ainda te amo, Katherine. — Ele beijou minha bochecha.
— Não ama! Se amasse não teria se rendido à esses monstros! — Eu gritei e o empurrei, sem sucesso.  
— Eu sou mais forte que você, bem mais forte. Não tente me matar com as técnicas ridículas que aquele viado te ensinou. — Seus olhos estavam fervendo de raiva, as veias saltaram e eu me vi a frente de um completo monstro. Suas orelhas eram pontudas e seu rosto já não tinham o formato másculo que foi-lhe desenhado. Os lábios grossos emolduravam uma grande fileira de dentes afiados e brilhantes como a lua. Eu saí correndo, mas como previ, isso não foi possível. Ele me segurou pelos braços e ameaçou me morder.
— Você vai me matar? Vai me fazer virar um desses bichos imundos? Ótimo, faça-o, mas lembre-se que a partir disso eu irei te odiar eternamente! — Eu fechei os olhos e pendi minha cabeça para trás, deixando o meu pescoço a mostra. Senti um breve vento e e pude perceber que Jake havia ido embora, abri os olhos e grossas lágrimas desceram pela minha bochecha. Acho melhor deixar isso em segredo por um tempo.
Voltei para o meu quarto encontrando Justin sentado na cama de braços cruzados.
— O que você estava fazendo e onde?  Ele se levantou em minha direção.
— Eu fui pegar um copo d'água. Estava sem sono, por isso resolvi caminhar um pouco pelos corredores.   Dei de ombros e fui em direção à cama. Sorte a minha é que sou boa com mentiras.
— Eu queria vir aqui para me desculpar, você não precisava fazer aquilo. 
— Mas eu fiz, e bem, deu pra notar que você gostou.  Ele ficou igual a um tomate, eu dei uma risadinha discreta.  Calma, Justin, isso é normal.  Levantei e cheguei perto.  E se quiser ... eu posso fazer de novo ...
Perdi o controle, com certeza. Justin estava vermelho, eu comecei a beijar seu pescoço levemente, subindo em direção às suas bochechas quentes, direcionei meus lábios para o seus e senti como se um choque percorresse pelo meu corpo, ele posicionou suas mãos na minha cintura me puxou para mais perto. Coloquei uma das minhas mãos no seu rosto e a outra foi parar na barra da calça de Justin, desci a outra mão e subi a camiseta, tirando-a completamente. Voltamos a nos beijar e ele foi procurando a abertura da minha blusa, na qual tirou no mesmo instante, logo estava deitada na cama, com Justin por cima de mim. Senti minha calça sendo tirada junto dos meus tênis, arfei entre o beijo enquanto ele encostou sua mão em meu seio coberto apenas pela renda do sutiã. Justin colocou as mãos atrás das costas procurando o feche e o abriu, por um instante olhou para meus seios e me beijou. Abri sua calça com a mão livre e a tirei com os pés, sentindo a ereção de Justin roçando na minha intimidade. Abaixei a boxe vermelha que usava e comecei a massagear seu pênis, ele gemia entre o beijo e a cada arfada eu me excitava mais.
só que ao contrário
 Justin se soltou da minha boca e percorreu pelo meu pescoço até os meus seios, ele começou a chupar um dos mamilos e o outro massageava com a mão. Então fez uma trilha de beijos até a barra da minha calcinha, lá ele parou e me olhou, ele praticamente rasgou a calcinha e jogou do outro lado do quarto, abriu minhas pernas lentamente e me observou, ruborizei. Quando menos esperei, senti sua língua habilidosa no meu clitóris, ele dava leves chupões e lambia eventualmente, ele me penetrou com um dos seus dedos e eu gemi agarrando o lençol com força. Ele começou um trabalho de me penetrar e eu gemia sem parar, uma corrente elétrica passou pelo meu corpo e minhas pernas tremeram, logo senti um líquido escorrer, ele lambeu e subiu. 
Inverti as posições e tirei a boxe completamente, me agachei a sua frente e comecei a chupar seu pênis que mal cabia na minha boca, ia cada vez mais rápido e sua cabeça já estava pendida para trás, lambi, chupei, até que um jato foi parar na minha boca, engoli o gozo com gosto salgado e ácido.
Subi e o beijei sem dó, sem nojo, ele retribuiu com um apertão na bunda que me enlouqueceu. Em seguida, procurei "encaixar" seu pênis na minha vagina, comecei a fazer movimentos lentos, ainda tentando me acostumar com o tamanho que me preenchia, quando percebi, estava rebolando em cima de Justin.
Justin estava com a boca entre-aberta, já não aguentando mais, ele se virou e ficou por cima de mim, ainda me penetrando, assim seus movimentos se tornaram rápidos, eu encaixei minhas pernas na sua cintura com vontade, os gemidos já não eram contidos, sua respiração ofegante no meu pescoço me excitava ainda mais. 
Senti o ápice vindo e comecei a rebolar na cama junto com ele. Um grito foi segurando por um beijo seu, enquanto ele ainda me penetrava, em seguida senti seu líquido me preenchendo, dei um último gemido e caí na cama cansada. Mas para ele era só o começo.

...

Acordei e Justin estava dormindo profundamente ao meu lado, sorri, mas me dei conta de que estava nua, levantei desesperadamente, tomei um banho rápido e me vesti com qualquer coisa. Não posso acreditar que transei com Justin, ele nem é meu namorado! Droga, imagina se Jake descobre isso? Aí sim ele vai querer me matar. Peguei as roupas dele que estavam jogadas no chão e sorri ao ver a cueca vermelha que eu havia tirado no dia anterior. 
Andei até o banheiro e liguei a ducha, me olhei pelo espelho e me senti um pouco envergonhada do que fiz, seria o certo? Entrei debaixo da água quente e fechei os olhos molhando meu corpo inteiro, será que Justin gostou do papel que eu fiz ontem? Porque, bom, eu gostei bastante. Espera, nós esquecemos da camisinha, ai meu Deus e agora? O que eu vou fazer se engravidar, e se ele tiver alguma doença e eu não sei?! Essas perguntas rondam minha mente agora e parece que nunca mais vão sair. Me lavei, tirando, com certeza, todos os resíduos da noite passada, fazendo assim me sentir aliviada e com menos tensão. 
Saí enrolada na toalha e peguei uma calça qualquer, um suéter preto e coloquei meu querido All Star de sempre. Eu gostava desse estilo, e parece que é igual ao da Ali, pois a maioria são roupas dela e não minhas. Penteei meus cabelos, que estavam agora na altura dos meus seios. Resolvi acordar Justin, ou alguém iria desconfiar, agora eram 7:00 da manhã, provavelmente não havia ninguém acordado. 
— Acorda, Justin. Vamos, você precisa levantar.  Ele resmungou e se cobriu novamente, ri e no mesmo instante puxei o cobertor de cima dele, revelando seu corpo esbelto.  Vamos, vossa alteza, a vida real lhe espera. 
— Eu não quero acordar, eu quero ficar dormindo com você.  Ele me puxou e eu cai por cima do mesmo, encarando-o. 
— Justin, você está pelado, vai se vestir.  Tentei sair, mas ele me segurou pelas costas.
— Melhor ainda, não acha?  Ele deu um sorriso malicioso e desceu uma das suas mãos para a minha bunda, dando um apertão em seguida. Fechei os olhos e me controlei, dei um tapa na sua mão e levantei.  Ai, isso doeu! 
Ele fez bico e levantou segundos depois, dando as costas e indo para o banheiro. Assim que ele saiu, eu o entreguei uma muda de roupas que havia pego no seu quarto.
 Andou mexendo nas minha cuecas, é?  Ele sorriu segurando a boxe roxa que eu havia pego para ele.  Se divertiu, lá?
 Cala a boca e se veste logo, enquanto isso eu troco os lençóis e arrumo essa bagunça.  Ele sorriu malicioso para mim e eu me virei tirando a roupa de cama, arrumei-a e depois juntei várias almofadas e objetos da cômoda que haviam caído ontem a noite. 
Justin se vestiu e eu terminei de arrumar tudo, em seguida ele veio em minha direção e me deu um beijo curto.
 Deixa eu te fazer uma pergunta?  Eu assenti e ele prosseguiu.  Você era virgem?
 Não.  Fui direta.
 Mas foi bom pra você?  Ele me olhou com curiosidade e senti minhas bochechas queimarem, ruborizei na hora. Eu, com muita dificuldade, assenti ainda morrendo de vergonha. Um sorriso divertido brincava nos seus lábios, ele tirou uma mecha do meu cabelo do rosto e levantou meu queixo. Iniciou assim, um beijo longo, no qual eu não pude resistir. Mas eu ainda me sinto culpada de tudo, me sinto quebrada pelos seus olhos, nos quais eu me afundo em um mar de esperanças.
EAE MINHAS NEGAS! O QUE ACHARAM DESSE CAP. HOT ? EU TAVA DEVENDO HEIN? E O QUE ACHARAM DO GATENHO QUE VAI INTERPRETAR O JAKE?  CADÊ OS COMENTÁRIOS HEIN? ESPERO QUE GOSTEM, BEEEEIJOS!
Isa 

10 comentários:

  1. Perfeitooo minha gata,, continua essa coisa perfeita logoooo RUM'
    Tee amoO best
    By: Jéssica
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ameeei o capitulo hot u-u Continua amore \Õ

    ResponderExcluir
  3. goxtei isa, continua tabom?

    ResponderExcluir
  4. continua logo sério, deveria ter mais partes hots só acho u.u
    aaaa já esta afiliada amor ><

    ResponderExcluir
  5. ta perfeiiiiito. continua please

    ResponderExcluir
  6. Leitora nova. Amei. Continua *-* Se puder da uma passadinha no meu blog ok? believeinyourdreams2226.blogspot.com.br ;)

    ResponderExcluir
  7. MIl desculpas amr mas já te coloquei lá é que eu tava ajeitando o lay e acabei esquecendo :)
    AGORA TE COLOQUEI
    E AMR QUE CAP É ESSE? KKKKKKK AMEI CNTINUA U.U

    ResponderExcluir
  8. mds eu entro aqui p ver como é a historia de vcs e dou de cara com esses gifs açlskaçslaç~slça~slça~lsçãsla~slça~sla~çsl~çlaç~sla risos eternos. Continua!

    ResponderExcluir
  9. vei perfeição define! continua :))))))))))))))))))))

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, isso significa muito para nós!